Facebook
RSS

Links

Compartilhe

As 10 cobras mais perigosas

27 agosto 2011
Negão Virtual

# 10 Adder Puff

Puff-adder-Bitis-arietans
Adder Puff é o nome comum de várias espécies de serpentes:
Bitis arietans, uma espécie de cobra venenosa encontrada na África e no sul da Península Arábica, essa cobra chamada de Bitis ou qualquer outro membro deste gênero é raro aqui no Brasil.
Heterodon, um género de serpentes inofensivas só encontrada no  Norte Americano.

# 9 Cobra Cuspideira

cobra-snake
Localização geográfica
Encontra-se principalmente na zona do sul e sudoeste do Cabo, Estado Livre de Orange, Lesotho, Transkei, Kwazulu Natal, Suazilândia e no sudeste do Transvaal. Também já foram encontrados alguns espécies nas fronteiras do Zimbabwe e de Moçambique.
Aspecto
As cores variam normalmente entre o castanho e o preto-acastanhado no topo, com manchas/bandas irregulares em castanho mais claro e brancos-acastanhados.
Parte inferior escura e duas faixas mais claras à volta do pescoço, muito características.
Os adultos atingem 90 a 120 cm em média, mas já foi visto espécie com 150 cm de comprimento.
A cobra-cuspideira consegue “cuspir” o seu veneno e atingir vítimas até 2,5 m de si.
Cabeça curta e aguçada, com grandes olhos pretos.
Veneno
O veneno é neurotóxico.
A cobra-cuspideira costuma apontar à face da vítima e o veneno causa dores horríveis e possível cegueira se entrar em contato com os olhos.
Mordedura
Inchaço à volta da ferida.
Hematoma em muitos casos.
Ciclo de vida
Ao contrário de muitas outras cobras, as cobras-cuspideiras são vivíparas, ou seja, parem crias vivas.
As crias têm em média 15 a 18 cm de comprimento à nascença.
As cobras-cuspideiras geram entre 20 a 30 crias de cada vez.
As crias perdem a primeira pele na primeira hora após o nascimento.
As cobras-cuspideiras recém-nascidas têm já as mesmas cores e bandas à volta do pescoço características da espécie. Também já são capazes de se erguer, recuar e cuspir o veneno.
Hábitos
Preferem viver em pradarias e adaptam-se bem às condições de vida tanto ao nível do mar como a grande altitude.
Noturnas, mas sabe-se que gostam de apanhar sol durante o dia.
A dieta consiste principalmente em sapos. Em caso de escassez de sapos, caçam pequenos mamíferos, répteis e outros anfíbios.
Quando encurralada, a cobra-cuspideira tem uma capacidade extraordinária de se fingir de morta: deixa-se cair sobre as costas, fica totalmente mole, de boca aberta e língua de fora!

# 8 Anaconda

anakonda-1

Com medidas de até 11,5 metros de comprimento, a anaconda entra para o RankBrasil

A sucuri, também conhecida como anaconda, é a Maior cobra da fauna brasileira. A maioria desta espécie chega a até nove metros de comprimento, mas relatos descrevem medidas de até 11,5 metros. Apesar do tamanho, sua mordida não é venenosa, mas pode causar infecções.
Originária do Pantanal, a sucuri vive nas regiões tropicais da América do Sul, no leste dos Andes, e principalmente na bacia Amazônica e nas Guianas. Gosta de ambientes semi-aquáticos e pode ser encontrada nos grandes rios.
Ela é carnívora e se alimenta de mamíferos como capivaras, veados, cutias, podendo até matar um jacaré por falta de ar. Quando apanha a presa, tenta levá-la para a água e matá-la por afogamento. Quando sofre um ataque e não pode fugir nadando, morde para se defender.
O animal possui hábitos solitários, é agressivo e difícil de ser observado. Uma característica da sucuri é permanecer parcialmente escondida na água, o que dificulta precisar e documentar um exemplar maior que o recorde atual.
Geralmente pesa cerca de 30 a 90kg, mas pode chegar a 250kg. As sucuris têm um corpo verde-escuro, com manchas ovais pretas, olhos e narinas. A cobra já foi tema do filme 'Anaconda', que conta a história de uma expedição de cientistas americanos, que vieram para o Brasil (Amazônia) em busca da espécie.

# 7 Australian Serpente Brown

3126509002_54121460e8
Snakes adulto Oriental Brown são altamente variável na cor. Embora geralmente tenham uma tonalidade uniforme  marrom, elas podem ter vários padrões, incluindo manchas e bandas, e variam de uma cor castanho muito pálido até preto, incluindo laranja, prata, amarelo e cinza. Jovens pode ser umiidos e tem uma cabeça preta, com um isqueiro na cauda, a nuca preto, e numerosas manchas castanho-avermelhada na barriga.
Esta espécie tem um comprimento médio de 1,5-1,8 m e raramente é maior do que 2 m. Grandes cobras Oriental Brown são freqüentemente confundidas com "King Brown" cobras (Pseudechis australis), cujo habitat que partilham em muitas áreas.

# 6 Tiger Serpente

Tiger-Snake-side-head
A cobra tigre ( Notechis scutatus Peters , 1861 ) é uma cobra venenosa que habita o " Australia Sul da Ásia, incluindo as ilhas costeiras e Tasmânia .Essas cobras variam sua cor, geralmente em faixas como as dos tigres. Todas as subespécies do gênero Notechis têm características diferentes descrito em subdivisões deste grupo.Limitada a viver em regiões subtropicais da 'Australia.
Serpentes tigre são um grande grupo de espécies distintas, que podem ficar isoladas ou em grupos, com extrema variabilidade no tamanho e cor das bandas, no entanto, é geralmente amarelo escuro. A cor é composta de azeitona verde, amarelo, laranja-marrom ou preto, a parte de baixo da cobra é amarela ou laranja.
As cobras australianas tigre são agressivas e ataca sempre que for possível para elas. Quando ela se sente ameaçada com um barulho no solo ela passa a aumentar a cabeça em uma posição típica preliminar de ataque. É bem conhecida por seu ataque falso e greves com uma precisão infalível. A cobra tigre usa veneno para matar suas presas. Ela tolera temperaturas baixas, e ela  pode ser ativa por muitos dias.A cobra tigre australiana podem dar à luz entre 12 a 40 pequenos, um recorde excepcional  foi de 64 filhotes.

# 5 Cobra Coral

3808908417_5c960bfcac
Cobras corais são os mais notáveis ​​por ser vermelha, amarela / branca, preto e faixas coloridas. (No entanto, várias espécies têm coloração similar, incluindo a serpente escarlate, gênero Cemophora, alguns dos Kingsnakes e cobras leite, gênero Lampropeltis, e as cobras shovelnose, gênero Chionactis .) Em algumas regiões, a ordem das bandas distingue entre o não-venenosas e as cobras coral venenosa, inspirando algumas rimas populares - "Red no amarelo, matar um companheiro," Vermelho no preto, amigo de Jack ", e talvez a versão mais conhecida," Red em preto, a falta de veneno. "No entanto, esta forma confiável apenas se aplica aos corais nativos da América do Norte: Micrurus Fulvius (oriental ou cobra-coral comum), Micrurus tener (Texas cobra coral) e Micruroides euryxanthus (Arizona coral da serpente), encontrada no sul e oeste dos Estados Unidos.Cobras corais encontrados em outras partes do mundo podem ter padrões muito diferentes, têm faixas vermelhas tocando faixas pretas, só rosa e azul de bandas, ou não têm em todas as faixas.
A maioria das espécies de cobra coral são pequenas em tamanho. Norte americano médio espécies em torno de 3 pés (91 cm) de comprimento, mas exemplares de até 5 pés (150 cm) ou um pouco maior tem sido relatado. Espécies aquáticas têm caudas achatadas agindo como um fin, auxiliando na natação.

# 4 Taipan

10-most-poisonous-animal-in-the-world-Inland-Taipan2
O taipan foi nomeado por Donald Thomson, após a palavra usada pelo povo Wik Mungkan-aborígines do centro Península do Cabo York, Queensland, Austrália.
Há três espécies conhecidas:. Taipan do litoral (Oxyuranus scutellatus), a taipan do interior (Oxyuranus microlepidotus) e uma espécie descoberta recentemente em terceiro lugar, a Central Ranges taipan (Oxyuranus temporal) O taipan costeira tem duas subespécies: a taipan costeira (Oxyuranus scutellatus scutellatus), encontrados ao longo da costa nordeste de Queensland e do taipan Papuan (Oxyuranus scutellatus canni), encontrado na costa sul da Papua Nova Guiné. Sua dieta consiste principalmente de pequenos mamíferos, especialmente ratos e marsupiais.
Uma espécie, a taipan do interior (Oxyuranus microlepidotus), que é endémica da Austrália, tem o veneno mais tóxico de qualquer espécies de serpentes terrestres em todo o mundo (embora o veneno de algumas serpentes marinhas é mais tóxico, ou seja, tem uma menor LD50 ) . Intervém Pseudonaja textilis entre o interior e taipan costeira (Oxyuranus scutellatus), que tem o veneno mais tóxico terceiro de qualquer cobra terra. O veneno pode ser ainda mais letal, mas tem sido menos pesquisadas do que outras espécies deste gênero. A toxicidade é medida como LD50 em mg / kg para camundongos (testes em humanos não é obviamente possível). Rendimento Venom também devem ser levados em conta. O veneno penetra no sangue da vítima, bloqueando vasos sanguíneos e utilizando-se fatores de coagulação. Também é altamente neurotóxico. Não houve sobreviventes conhecidos após uma mordida dessa cobra,  antes de um Taipan antiveneno ter sido  desenvolvido e, mesmo assim, as vítimas muitas vezes exigem longos períodos de tratamento intensivo.
O taipan costeira (Oxyuranus scutellatus) é a serpente terra terceiro mais venenosas do mundo, e sem dúvida a maior cobra venenosa na Austrália. Seu veneno contém taicatoxin, uma neurotoxina muito potente. O perigo representado pela taipan costeira foi trazido ao conhecimento público australiano em 1950, quando o jovem Kevin Herpetologist Budden foi fatalmente mordido na captura do primeiro exemplar disponível para pesquisa antiveneno. O taipan costeira é muitas vezes considerado um dos mais mortíferos espécies no mundo.

# 3 Inland Taipan

poisonous
A Taipan Inland (Oxyuranus microlepidotus), também conhecida como a Serpente Pequena Escala e Snake Fierce, é nativa da Austrália e é considerada a cobra mais venenosa de terra no mundo com base em valores de DL50 em camundongos. É uma espécie de taipan pertencente à família Elapidae. Embora altamente venenosa, é muito tímida e reclusa, e sempre prefere fugir de problemas (a palavra "feroz" do seu outro nome é na verdade descrevendo seu veneno, mas não o temperamento).

# 2 King Cobra124091944_f321fa723b

A cobra-rei (Ophiophagus hannah) é a maior serpente venenosa do mundo, com um comprimento até 5,6 m (18,5 pés). Esta espécie está disseminada em todo o Sudeste Asiático e partes da Índia, e é encontrada principalmente em áreas florestais. A cobra-rei pode ser feroz, ágil, e pode entregar uma grande quantidade de veneno altamente potente em uma única mordida. É uma das serpentes mais perigosas e temidas asiática.

# 1 Black Mamba

black-mamba
A mamba negra (Dendroaspis polylepis) é a maior cobra venenosa da África, com uma média de cerca de 2,5 metros (8,2 pés), e às vezes crescendo até 4,3 metros (14 ft). Seu nome é derivado da coloração preta dentro da boca, a cor real da pele varia, de maçante verde-amarelado para um cinza metal-gun. É a mais rápida serpente do mundo, capaz de mover cerca de 4,5 a 5,4 metros por segundo (16-20 km / h, 10-12 mph).

Leave a Reply

Compartilhe

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    Sobre mim

    Minha foto
    Negão Virtual
    Eu sou o Negão Virtual, sou uma pessoa alegre e muito extrovertida!!
    Visualizar meu perfil completo

    Pesquisar este blog

    Carregando...

    Arquivo do Blog

    Categoria

    curiosidades (102) Humor (93) Tirinhas (30) Vídeos (14)